Google+ Cinema e Mídia: Prison Break

Social Icons

twitterfacebookgoogle plusrss feedemail

terça-feira, fevereiro 03, 2009

Prison Break

prison-break-300x225 Pois é, a Globo é mesmo é mesmo uma merda. Rendi-me às 01:13 da madrugada de esperar para ver a estréia da série, mas numa atitude meio lusitana, desisti de ver quando ia começar. Vou pegar em DVD para assistir… De novo!!! Sim, de novo. É uma das melhores séries da TV americana (ao lado de 24 horas, Lost, Dexter e da curtíssima Jericho).
A história é da fuga da prisão como sugere o título, mas é a engenhosidade da trama que prende (com o perdão do trocadilho duplo, como verão mais abaixo) a atenção do espectador. Engenheiro civil que teve acesso a planta do presidio de segurança máxima Fox River consegue ser preso para libertar o irmão, à espera da execução e que, como supomos, foi encarcerado injustamente.
Michael Scofield é o herói, mentor do plano de fuga que tatuou em seu próprio corpo a planta do prédio, além de varias dicas de como escapar. Já Lincoln Burrows é a força física (olha o sobrenome do cara!) e totalmente descrente sobre o sucesso da empreitada. Mas vale a pena também os personagens secundários, principalmente os sociopatas, que são atores muito melhores e mais desenvolvidos. Prejudica um pouco o romance forçado entre Scofield e a Dra. Sarah, que torna previsível algumas cenas.
Mas só algumas, já que o plano dele não vai se desenrolar a tempo, vai ter vários revezes, morte de pessoas queridas e subtramas mostrarão que há muito mais coisas por trás da prisão do Burrows de seu irmão.
A fórmula sugere uma série curta, já que não daria pra fazer muitas temporadas de fugas da prisão… se bem que a segunda e a quarta temporada não são assim… E mesmo assim, sabiamente, a Fox anunciou que a quarta temporada é a última.
As três primeiras temporadas valem a pena. A quarta eu digo depois.
Prison Break – primeira temporada – 8
Prison Break – segunda temporada – 8
Prison Break – terceira temporada – 7

5 comentários:

Thiago disse...

Realmente é boa a série. Tenho fascínio pela excelência. O plano do "bonitinho" é muito interessante. Uma coisa que também me chamou atenção é a habilidade politica do herói; é uma motivação a mais para assistir, pois ajuda ocultar as preenchidas de lingüiça.

André Alves disse...

Essa habilidade política continua nas outras temporadas, mas as encheção de línguiça continua nas demais temporadas... Mas também, se vc imaginar que normalmente são escritos os primeiros seis episódios e depois, de acordo com a audiência o roteiro é escrito, reescrito de acordo com a preferência do público e aí o roteiro é feito a cada semana... Mas isso não é desculpa, né?

Thiago disse...

Putz... Até essas séries! Mas acho que é desculpa, sim. Porque continua sendo melhor que muita coisa por ai.

Thiago disse...

Olá André! Comecei a ver a terceira temporada ontem. Há quase dois meses só vejo Prison Break. Mas é mais por vício. A segunda já piorou um pouco. Exageraram nas "seqüencias indutivas" onde nos leva a pensar que acontecerá tal coisa, porém não acontece. Continuam bem feitas, só que estão manjadas. Outro ponto fraco foi a prisão do Michael. Muito forçada (as "necessidades da vida" fizeram com que ele tinha que ser preso no 22º capítulo)! E será que a policia panamenha é melhor que a do "ZUSA". Ai, na hora que parece que vai voltar a ser como antes - naquela cena inicial na prisão panamenha -, nos mostram uma prisão purgatório como uma arena de gladiadores. Poxa, nem um policial dentro da cadeia? Nem no Brasil existe isso! E a trama então... basta citar a novela pantanal para mostrar que não precisa de muitos núcleos de personagens para fazer uma boa trama. Não precisavam daquele lance do sequestro dos entes queridos. É... Vamos ver o que vai dar. Michael, T-Bag e o agente Mahone são minhas esperanças de um bom entretenimento.

André Alves disse...

Ela fica menos tosca mas é bem curta (13 capítulos) por conta da greve dos roteiristas. A prisão é realmente surreal, mas T-Bag se supera. E vc irá se surpreender com uma morena e com o destino da doutora...
To vendo a quarta temporada, mas to fazendo suspense. Um suspense manjado, mas bem feito.

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.